Flores na lapela.

Origem e uso da flor na lapela
Segundo o blog cerimonialistamalisekroth, a  Lapela é  sinal de romantismo e elegância e  surgiu durante o noivado do príncipe Albert com a Rainha Vitória no século XIX.Tendo um dia ele recebido de sua noiva um pequeno ramalhete de suas flores preferidas e não sabendo onde colocá-lo, tomou um canivete e abriu um pequeno corte na lapela de seu paletó, neste corte, ele introduziu o delicado ramalhete para lembrar de sua amada cada vez que sentisse o aroma das flores.
E para que serve? Ela serve principalmente para diferenciar e identificar os homens “importantes” do casamento, isto é, noivo, pai, pajens e padrinhos. Claro que o noivo merece o maior destaque, sendo que a Boutonnière dele deve ser a mais bonita. Justo, né!
Hoje em dia a criatividade está liberada para a decoração no arranjo das lapelas. Esses arranjos podem expressar a personalidade do noivo, ou combinar com o buquê da noiva.
Gostaram?
Então achei um tutorial das casamenteiras  para ajudar vocês a criar suas próprias flores de lapela

Material necessário:

  • Ranúnculos ou raminhos de Lavanda (ou ainda outra flor da preferência de vocês, porém que seja pequena) com as hastes cortadas
  • Botões de Ranúnculos ou raminhos de ervas (orégano, sálvia…) também com as hastes cortadas de forma igual
  • Fita isolante ou fita adesiva comum
  • Pedaço de renda ou fita mimosa ou cordão (de acordo com o gosto e com o estilo do casamento)
  • Alicate de jardim
  • Alfinete ou joaninha

Separe os raminhos de forma que você consiga identificar o que vai compor cada mini buquê.

Vá juntando os raminhos com a flor escolhida e passe um pedaço pequeno de fita adesiva em volta das hastes para ficar bem firme.

Agora, escolha o acabamento (fita, cordão ou renda) e forre a haste que já está bem firme com a fita adesiva. Se usar algo que não permita dar nós, como a renda, coloque um pingo de cola e firme por alguns segundos a emenda.

Use a criatividade, mas sem exageros, já que é uma peça bem delicada e pequena. Finalize com um alfinete para prender o arranjo na lapela.

Conservação: O ideal é que elas sejam feitas no mesmo dia ou no máximo, no dia anterior ao casamento. Mas nada impede que você faça com alguns dias mais, desde que tenha um freezer a disposição para armazená-los (sem legumes ou frutas ou qualquer outra coisa, vazio mesmo) com cuidado.

Detalhe: A flor sempre é colocada na lapela esquerda – para o caso de alguém esquecer!

Pronto!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Flores na lapela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s